o
o

DICIONÁRIO
o
o

o

o 0

A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Z



M


maciço - Bloco da crosta terrestre limitado por falhas ou flexões e soerguido como uma unidade, sem modificação interna.

maciço tectônico - bloco da crosta terrestre limitado por falhas ou flexões e soerguido como uma unidade, sem modificação interna (2).

máfico -  mineral ferromagnesiano, de cor escura, constituinte de rochas ígneas.

magma - material em estado de fusão que, por consolidação, dá origem a rochas ígneas. Substâncias pouco voláteis constituem a maior
parte do magma e têm ponto de fusão e tensão de vapor elevados. As leis ordinárias da termodinâmica regem a segregação dos
minerais constituintes da rochas sólida (2). Rochas ígneas são derivadas do magma pela solidificação e processos relacionados
ou pela erupção do magma para a superfície.

magmática - Rocha proveniente da consolidação do magma. Seus minerais formam-se segundo as leis da cristalização de soluções mistas. Caracteriza-se, assim pela cristalização dos seus componentes mineralógicos em ordem sucessiva - excluindo os termos vítreos. De acordo com o local da consolidação do magma, as rochas podem ser classificadas em: plutônicas (consolidação em profundidade), vulcânica (consolidação em superfície) e hipoabissal (intermediária).

magnetismo terrestre - Campo magnético da Terra, funcionando como um grande e homogêneo ímã. A intensidade total é dividida em dois componentes: intensidade vertical e intensidade horizontal. O magnetismo terrestre pode induzir campos secundários nas diferentes rochas, dependendo principalmente na susceptibilidade magnética de certos minerais (magnetita).

magnetometria - método de prospecção geofísica que consiste basicamente na medida de anomalias magnéticas devidas à variação na
concentração de minerais magnéticos nas rochas da crosta terrestre.

manto - zona do interior terrestre, definida pela geofísica e situada entre a crosta e o núcleo, de composição predominantemente sílicomagnesiana
(1). É limitada superiormente pela descontinuidade de Mohorovicic e, inferiormente, pela descontinuidade de
Weichert-Gutemberg. A descontinuidade de Mohorovicic situa-se cerca de 35 Km abaixo dos continentes e 10 Km abaixo dos
oceanos, e a de Weichert-Gutemberg cerca de 2900 Km abaixo da superfície terrestre. I: Mantle.

manto de intemperismo - material decomposto que forma a parte externa da crosta terrestre, constituído de rocha alterada e/ou solo. Sin.: regolito, saprolito.

marca de onda - ondulações produzidas na superfície de camadas sedimentares granulares e incoerentes, originadas por água corrente, ondas ou por ventos. Tais ondulações podem permanecer durante a diagênese até a consolidação da rocha sedimentar e se prestam para
determinação do topo e base das camadas. I: Ripple marks.

marga - rocha sedimentar constituída por argila e carbonato de cálcio ou magnésio em proporções variadas.

mármore - rocha metamórfica constituída predominantemente de calcita e/ou dolomita recristalizadas, de granulação fina a grossa, em
geral com textura granoblástica.

martita - Pseudomorfose de hematita para magnetita.

massapé - Nome popular usado no norte do Brasil para solos pretos argilosos, calcíferos. Em São Paulo, designam-se assim os solos argilosos, provenientes da decomposição de xistos metamórficos.

matacão - Fragmento de rocha destacado de diâmetro superior a 25 cm, comumente arredondado. As origens são várias: por intemperismo, formando-se in situ os chamados matacões de esfoliação, por atividade glacial (matacões glaciais); por trabalho e transporte fluvial; por ação das vagas no litoral.

meandro - sinuosidade verificada no leito do rio, em sua fase matura ou senil. Por ser baixo o gradiente de fluxo, dá-se a sedimentação e o
rio divaga sobre seu próprio depósito. Quando o rio rejuvenesce, por motivo de abaixamento do nível de base, os meandros
podem aprofundar-se na rocha do embasamento do depósito anterior por reativação da erosão. Originam-se desse modo os
chamados meandros encaixados.

mecânica das rochas - estudo da deformação em corpos rochosos apoiado em leis da física e ensaios de laboratório (1). I: Rock Mechanics.

megacisalhamento - falha transcorrente cujo deslocamento horizontal, em termos quantitativos, suplanta significativamente a espessura da crosta terrestre. Tipo de geossutura (1). I: Megashear.

megassutura - vide geossutura.

mergulho - ângulo que um plano de descontinuidade litológica - plano de estratificação de uma camada, plano de junta, planos delimitantes
de um corpo tabular ou dique, plano de falha, - forma com o plano horizontal, tomado perpendicularmente à sua intersecção -
mergulho real. Sin.: inclinação.

Mesozóico - era do tempo geológico desde o fim da Era Paleozóica (225 milhões de anos atrás) até o início da Era Cenozóica (65 milhões de anos atrás). Compreende os intervalos de tempo, em molhões de anos, definidos pelos Períodos:
Cretáceo - 146 a 65
Jurássico - 205 a 146
Triássico - 245 a 205

metais pesados - metais como o cobre, zinco, cádmio, níquel e chumbo, que são comumente utilizados na indústria e podem, se presentes em elevadas concentrações, retardar ou inibir o processo biológico aeróbico ou anaeróbico e ser tóxico aos organismos vivos.

metalogênese - termo designado para a formação e evolução de jazimento de minérios metálicos em uma certa região. Designa, também, um certo intervalo de tempo no qual certos processos metalogenéticos ocorrem em vários pontos com freqüência anormal, como por
exemplo, por intensas atividades magmáticas durante ciclos orogenéticos.

metamórfica - Um dos três grandes grupos de rochas. As rochas metamórficas originam-se de rochas magmáticas ou sedimentares por processos especiais de transformação. Devido a esses processos, formam-se minerais novos e texturas novas. Apresentam, freqüentemente., estruturas paralelas, que lembram a estratificação das rochas sedimentares, tal estrutura (foliação) é devida a orientação dos minerais. Em certas rochas metamórficas, como as provenientes de metamorfismo de contato, pode não ocorrer foliação.

metamorfismo - transformação sofrida por uma rocha sob a ação de temperatura, pressão, gases e vapor de água, marcada por uma
recristalização total ou parcial, novas texturas ou novas estruturas, ou pelo seu conjunto (2). Mudanças mineralógicas e
estruturais que sofrem as rochas quando submetidas a condições físicas e químicas diferentes daquelas nas quais originalmente
se formaram e que se processam abaixo da zona de intemperismo e de cimentação. A pressão, o calor, a introdução de
substâncias químicas novas por migração de fluídos quimicamente ativos e as trocas resultantes, que geralmente desenvolvem
novos minerais, são os responsáveis termodinâmicos pela grande alteração do meio. Os tipos de metamorfismo são: de carga,
de contato, dinâmico, regional, termal. I: Metamorfism.

metassomatismo - processo de substituição de um mineral por outro, de diferente composição química, devido à reações introduzidas pela
presença de material proveniente de fontes externas. Dissolução e deposição praticamente simultânea em pequenos poros
submicroscópicos da rocha, ocasionadas principalmente por soluções hipogênicas aquosas, com conseguinte formação de novo
mineral de composição química igual ou diferente, envolvendo minerais ou agregados minerais pré-existentes.

microplaca - bloco crustal-litosférico, de dimensões reduzidas em relação às placas tectônicas principais da Terra, caracterizado por uma
dinâmica própria em relação às regiões circunvizinhas, em um determinado período de tempo geológico (1). I: Microplate.
migmatito - rocha geralmente gnáissica, composta de um material hospedeiro metamórfico, com faixas e veios introduzidos de material

ígneo quartzo-feldspático - pegmatito ou granito.

migração dos continentes - proposta por A. Wegener, segundo a qual a posição relativa dos continentes mudou no tempo geológico, por translações horizontais. Segundo Wegener os continentes permaneceram agregados até o Paleozóico Médio formando um só continente
denominado Pangea. No Mesozóico iniciou a separação em blocos individuais, originando os continentes atuais. A massa
continental do Gondwana separou-se em Austrália, Índia, África, América do Sul e Antártica, e a América do Norte separou-se
da Eurásia, surgindo o Oceano Atlântico. As translações horizontais dos continentes deram origem a pregueamentos
orogenéticos; assim, pelos movimentos rumo oeste dos continentes americanos, foi pregueada a sua borda ocidental, em
virtude da resistência da massa sísmica do Pacífico, originando os Andes e as Montanhas Rochosas. Igualmente originou-se o
Himalaia, pelo deslocamento da Índia contra o Mar de Tétis . Ainda perduram tais movimentos migratórios; assim, a
Groenlândia afasta-se hoje da Europa cerca de 20 a 30 cm por ano. Também designada teoria de Wegener e teoria da
translação dos continentes.

milonito - rocha finamente triturada, laminada e recristalizada, formada por microbrechação e moagem extrema devido a movimentos
tectônicos.

mina - segundo a legislação brasileira é uma jazida em lavra, ainda que suspensa.

mineral - elemento ou composto químico via de regra resultante de processos inorgânicos com composição química geralmente definida e
encontrado na crosta terrestre.

mineral primário - mineral gerado quando da formação da rocha, e mantém sua forma e composição originais.

mineral secundário - mineral que se formou após a formação da rocha que o contém e geralmente a partir de outro mineral primário.

minério - mineral ou associação de minerais que podem, em condições favoráveis, serem trabalhados industrialmente para a extração de
um ou mais metais. Por falta de designação adequada, extensivo também aos minerais não-metálicos.

milibar - Milésima parte de um bar; a pressão normal ao nível do mar é cerca de 1,013 milibars.

molassa - sedimentação grosseira sin-orogênica a terminal-orogência representativa da erosão inicial das montanhas recém-formadas,
depositada nas calhas formadas pelo e/ou remanescentes do evento orogênico (1). F/I: Molasse.

monzonito - rocha que ocupa posição intermediária entre o sienito e o diorito. Caracteriza-se por quantidades aproximadamente iguais de
feldspato potássico e de plagioclásio, nenhum deles constituindo menos de um terço nem mais de dois terços do feldspato total.
O quartzo presente, geralmente não excede 10% do volume.

morena - Depósito em forma de lombadas ou de forma irregular, transportado e sedimentado pelo gelo, associado ou com geleira do tipo alpino ou com geleira do tipo continental. O material constituinte das morenas é de natureza conglomerática ou tilítica.



A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Z




Copyright 2007  Portal Geotrack® - Todos os direitos reservados
Responsável: Geól. Rodrigo Dantas Pinheiro
rodrigodanttas@click21.com  
 

 

O que é Geologia? O que é Geologia? Comunidades Empregos Opinião Google Earth Downloads Eventos Links Vídeos Dicionário Onde estudar? Geoturismo Artigos Wallpapers Concursos Nossa Equipe Anunciantes Contatos