o
o

DICIONÁRIO
o
o

o

o 0

A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Z



P


paleobotânica - Parte da Paleontologia que estuda os vegetais fósseis.

paleogeografia - procura reproduzir a constituição geográfica, morfológica, climática, etc., de uma época geológica passada.

paleontologia - ciência que trata dos fósseis, estudando os restos de organismos e as formações rochosas que os contém.
Paleozóico - era do tempo geológico compreendida entre o final do Pré-Cambriano (600 milhões de anos atrás) até o início da Era 

Mesozóica (225 milhões de anos atrás). Compreende os períodos de tempo definidos pelos intervalos em milhões de anos atrás:
Permiano - 290 a 245
Carbonífero - 362 a 290
Devoniano - 408 a 362
Siluriano - 439 a 408
Ordoviciano - 510 a 439
Cambriano - 570 a 510

palingênese - processo ultrametamórfico de regeneração de magma em profundidade, implicando mistura e fusão completas de rochas.

palustre - Ambiente de sedimentação próprio de pântanos.

Pangéa - continente hipotético a partir do qual os atuais continentes se originaram pelo movimento de placas tectônicas, desde a Era
Mesozóica até o presente.

paragênese - associação de minerais formados pelo mesmo processo genético. Também definida como ordem pela qual os minerais que
ocorrem nas rochas, vieiros, etc., se desenvolvem associadamente.

parálico - Depósito formado próximo à costa marinha, possuindo freqüentemente intercalações marinhas.

pedimento - superfície de erosão plana, levemente inclinada, entalhada no embasamento, geralmente coberta por cascalhos fluviais. Ocorre
entre frontes de montanhas ou vales ou fundo de bacias e comumente forma extensas superfícies de embasamento acima das
quais os produtos de erosão retirados das frontes das montanhas são transportados para as bacias.

pedologia - ciência que estuda os solos e a sua classificação.

pegmatito - rocha ígnea de granulação extremamente grosseira, encontrada geralmente na forma de diques irregulares, lentes ou veios;
originada nos estágios finais da consolidação de magmas. Caracteriza-se pela ocorrência freqüente de minerais raros ricos em
elementos como lítio, boro, flúor, nióbio, tântalo, urânio e terras raras.

pelágica - Região oceânica situada fora da zona litorânea.

pelito - sedimento ou rocha sedimentar formada de partículas finas (silte e argila), ou seja, de granulometria abaixo de 0,06 mm.

peneplano - corresponde a uma superfície quase plana, ou levemente inclinada. Supõem-se que se forma pelo trabalho dos rios, ou por
planação marinha, ou graças à ação do vento sob condições áridas. Representa, assim, vários graus de redução a um nível de
base, que representa o limite final da peneplanização.

perfil de solo - Sucessão dos horizontes do solo.

peridotito - rocha ultramáfica cujo constituinte principal é a olivina, podendo conter outros minerais máficos como: piroxênio, anfibólio ou
biotita.

período - unidade fundamental da escala geológica padrão de tempo.

petrografia - ramo da ciência geológica que se ocupa da descrição e classificação das rochas.

petróleo -  mistura inflamável de hidrocarbonetos oleosos que exuda da terra ou é bombeada para fora.

petrologia - ciência que se dedica ao estudo das rochas, sua origem (petrogênese), sua descrição e classificação (petrografia).

piemonte - forma do terreno fronteiriço às montanhas, definido pela quebra de um gradiente mais forte a um gradiente mais fraco e que
pode passar gradualmente à várzea ou planície de inundação. Os sedimentos formados nos piemontes constituem os depósitos
de tálus e cones aluviais.

piroclástico - material rochoso clástico formado por explosões vulcânicas.

piroxenito - rocha ultramáfica, de granulação grossa, alotriomórfica, constituída principalmente por piroxênios.

pisólitos - partículas arredondadas ou elípticas, em geral carbonáticas, de diâmetro entre 2,0 e 6,0 mm e com estruturas concêntricas. A
mesma denominação é usada para a rocha calcária composta por tais partículas. Sin.: oólitos.

placa continental - espessa crosta subjacente a um continente.

placa litosférica - calota quasitabular da litosfera terrestre, dotada de movimento horizontal sobre a superfície do planeta, individualizada
lateralmente por zonas de significativa atividade sísmica, de natureza convergente, divergente ou transformante. Verticalmente,
é limitada pela astenosfera e biosfera-atmosfera (1). I: Lithospheric Plate, Plate.

placer - depósito natural de um mineral útil por concentração mecânica. Ouro, ilmenita, magnetita e diamantes estão entre os minerais
obtidos de placers.

plagioclásio - grupo de minerais feldspáticos com composição variando entre NaAlSi3O8 e CaAl2Si2O8.

planície aluvial - vide planície de inundação.

planície de inundação - área contígua ao leito fluvial recoberta por água nos períodos de cheia e transbordamento, constituída de camadas sedimentares depositadas durante o regime atual de um rio e que recobrem litologias pré-existentes. Ao transbordar há a formação de diques naturais (depósitos que flanqueiam o canal) e depósitos de várzea, constituídos pela fração silte e argila, que se espalham pela
planície de inundação. A planície de inundação encontra-se geralmente em um vale, e sua sedimentação, que constitui o fácies
fluvial, passa interdigitada mente aos sedimentos do fácies de piemonte em direção aos flancos deste mesmo vale. O mesmo
que área de inundação (Sins.: várzea, planície aluvial).

plano de acamamento -  vide plano de estratificação.

plano de estratificação - superfície real ou virtual que separa os estratos, originada pela mudança da granulação do material depositado, da composição mineralógica, da morfometria dos grãos, ou da orientação das partículas. É freqüentemente observado pelas diferenças de
coloração entre os estratos ou pela facilidade da rocha em se partir segundo essas superfícies. Sin.: acamamento.

plano de falha - superfície ao longo da qual houve o deslocamento relativo dos blocos contíguos, apresentando em geral estrias, polimento e vestígios de cisalhamento. Quando o plano é inclinado, o bloco superior separado pela falha é denominado de capa, e o inferior
de lapa. Sin.: superfície de falha.

plataforma - a) refere-se a um vasto domínio tectônico resultante de agregação predominantemente siálica, uni ou policratônica, estável e
com história dinâmica unitária a partir de determinado Período ou Era (exemplo: Plataforma Sul-Americana); b) área cratônica
coberta por sedimentos (vide cráton) (1). I: Platform.

plataforma continental - zona que se extende desde a linha de imersão permanente até a profundidade de cerca de 200 metros mar adentro. O seu limite oceânico é demarcado pelo talude continental.

platô - areas mais elevadas do relevo de uma região, com extensões variadas e declividades baixas, circundadas normalmente por
escarpas e encostas.

plume (F/I) - ascensão colunar de material mantélico, idealizada para justificar a presença dos hot spots. A tomografia do manto tem
fornecido dados que tendem a suportar a sua existência (1).

ponto quente - vide hot spot.

pop-up (I) - designação dos fenômenos de subida de material rochoso ao longo de faixas de cisalhamento transpressionais. Sua expressão
sísmica característica é a estrutura em flor positiva (1).

porfiroblasto - cristais de grandes dimensões em rochas metamórficas. Cresceram digerindo, empurrando ou englobando os cristais vizinhos e impondo sua própria forma.

pós-orogênico - evento que ocorre após a orogênese, não necessáriamente relacionada com a mesma.

pós-tectônico - evento que ocorre após a término da deformação.

pré-Cambriano - divisão do tempo geológico, desde a formação da Terra (cerca de 4,5 bilhões de anos atrás) até o início do Período Cambriano da Era Paleozóica (cerca de 600 milhões de anos atrás. Este intervalo de tempo representa cerca de 90% da história da Terra.
Designação dada à sucessão de rochas anteriores ao Cambriano.

processo endógeno - originado no interior da Terra ou por fatores internos. Aplicado à rocha magmática. Ex.: metamorfismo, migmatização, alteração hidrotermal.

processo exógeno - processo atuante exterior-mente ou na superfície terrestre. Provocado por energias externas. Ex.: intemperismo, erosão.

prospecção - trabalhos geológicos e mineiros para o conhecimento do valor econômico de uma jazida mineral.

província magmática - associação de rochas consangüíneas, diferenciadas ou não, numa área delimitada. Ex.: derrames basálticos da Bacia do Paraná.

psamito - sedimento ou rocha sedimentar clástica, consolidada, formada por partículas de granulação correspondente à da areia (entre 0,2
e 2,0 mm). Ex.: arenito.

psefito - sedimento de granulação superior à da areia (> 2,0 mm), formado a partir de fragmentos de rochas preexistentes (vide
clástico).

pseudomorfo - corpo cuja forma externa corresponde à do cristal original, mas constituído por material neoformado como, por exemplo, a pirita limonitizada, calcita substituída por quartzo, etc.


A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Z




Copyright 2007  Portal Geotrack® - Todos os direitos reservados
Responsável: Geól. Rodrigo Dantas Pinheiro
rodrigodanttas@click21.com  
 

 

O que é Geologia? O que é Geologia? Comunidades Empregos Opinião Google Earth Downloads Eventos Links Vídeos Dicionário Onde estudar? Geoturismo Artigos Wallpapers Concursos Nossa Equipe Anunciantes Contatos